acid baby

Ambivalência.


 Há dias que te procuro pra me alojar no seu peito e encontrar a calma que só o calor da sua pele dourada me dá. Outros dias te busco pra compartilhar minhas teorias e opiniões e histórias e sermões. Em dados casos, quero-te como um amigo, ouvir sua posição sobre dadas situações, escutar atentamente seus conselhos. Sendo sincera, há também os dias que te busco somente pelo prazer do nosso sexo. Às vezes te quero pra rir alto e contar piadas; outras, te desejo pra conversar sobre cada centímetro do meu âmago e chorar abertamente no seu ombro. 
 Na maioria do tempo, quero você por perto pelo conjunto de todas as coisas que citei e tantas outras que jamais poderia descrever. No entanto, é surpreendente até pra mim mesma que mesmo quando estou impaciente com grande parte das suas características, há sempre alguma outra que me faz voltar. Isso só me faz sentir mais raiva,
 mas também me faz te adorar mais. 

3 comentários:

  1. Que bonitinho, moça! <3
    www.memorizeis.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. descreveu muitíssimo bem, e de uma forma simples e bonita o amor, que é essa confusão entre coisas boas e ruins ❤︎ amo muito teus escritos!

    ❤︎

    ResponderExcluir
  3. Adorei muito a forma como escrevestes bem.
    ♡♡♡♡♡

    ResponderExcluir

♥ sinta-se à vontade, meu amor, mi casa es su casa. só lembre-se: respeito acima de tudo. ♥