acid baby

Âmago


Tenho em mim todas as ruas e becos e pontes. Guardo comigo todos os beijos e todos os orgasmos e todos os ascos. Sou toda beleza escondida, abrigo toda a melancolia esclarecida. Absorvi todas as lágrimas e os sorrisos e os toques. Acolho todos os medos. Eu guardo toda a solidão. Eu sou só solidão. Eu sou só alegria também. Levo comigo todas as gargalhadas e os conselhos e os olhares. Eu guardo comigo toda essa gente bonita e com sorriso aberto que enche a rua do centro. Eu sou todas as flores que já peguei. Eu guardo comigo todos os poemas e todos os poetas e todas as letras, cada uma delas. Não há nada que eu não me lembre. Venero e adoro todas as coisas. Faço uma festa. Eu sou uma festa. Eu sou todas as pessoas. Eu sou toda verdade. Eu só existo em movimento. Eu tenho muitas bocas. Eu tenho mais de setenta almas. Eu sou mil pessoas destroçadas.