acid baby

Confissão II

E tua falta faz-se já presente em meu peito que sangra. Ainda sinto a pele quente sobre a minha; boca e olhos, barba e mãos, língua e dentes: tudo faz-se vivo, real como esta dor que lateja e seda meu corpo. Delírio, chego a te sentir; desfilas ante meus olhos fatigados. As constelações que me ensinaste trazem-me cruelmente as pintas que mancham como tinta tua pele de ouro. Tuas digitais fizeram-se fixas como meus sinais de nascença — não há tempo que ouse apagar as marcas que deixaste em mim. Perco-me sem tua voz; busca-me aqui, resgata-me de mim. Dói. Arde como o mais profundo dos infernos aceitar o fim. Há pedaços de você em cada parte do meu ser; como esquecer se te vejo em mim?

Bulímica.

 As palavras embaralham-se, fogem, as sinto escondidas no estômago, causam-me ânsia. As arranco num vômito compulsivo; é vão. Saem já mortas de sentido.

Confissão I

Amo-te de dentro para fora, de fora para dentro, de maneiras que o próprio amor desconhece e esquece.

Futuro.

 Possibilidades correm lépidas ante meus olhos fechados; tento as pegar com as mãos, escapam. Vislumbro todos os meus caminhos: tanto me excitam quanto desatinam. Recalculo rotas, divago probabilidades, confundo a mim mesma entre tantas possibilidades; no fim dos cálculos, volto ao zero. Flutuo sem respostas; como listar meus desejos, se a cada segundo assisto ao nascer de um novo anseio? Nenhuma possibilidade nego; a todos os "talvez..." me apego. O futuro me causa loucura; pensar no amanhã me dispara o peito. Não me perguntes, por favor. Sequer sei sobre mim hoje, meu senhor, como o direi o que serei nos dias que vêm? 

Se eu te perguntasse...

Magic potion
- Personal work -

 Já faz um tempo que vi essa tag no blog da Helen (inclusive, visitem; é um blog muito bom) e esses dias, lembrei-me dela e eu, que adoro tags vivo falando isso, fiquei com vontade de também responder. Então, lá vamos nós. 


1- Você tem alguma mania? Quais?
Tenho várias, mas não percebo nenhuma, só quando os outros comentam. Espremer os olhos quando não entendo alguma explicação ou texto, contrair os lábios, entre outras que não lembro.

2- Você cumprimenta estranhos na rua?
Depende; já tive mais esse costume. Ultimamente tenho o feito menos por receio, mas é algo que gosto, acho que melhora o dia (tanto o meu quanto o de alguém).

3- Quem faz os serviços domésticos na sua casa?
É dividido. Mas quem mais faz é minha avó, talvez pelo fato de passar mais tempo em casa.

4- Você acha que às vezes acaba comprando produtos necessidade?
Já fiz muito isso, mas hoje me policio demais em relação a isso e não acontece mais. Inclusive, acho que às vezes deixo de comprar coisas que preciso de fato por medo de ser demais.

5- Você fuma?
Talvez às vezes.

6- Quantas pessoas moram na mesma casa que você?
Além de mim, mais três pessoas.

7- Você tem medo de envelhecer?
Não de envelhecer em si, mas tenho certo receio do futuro.

8- Você usa maquiagem vencida?
Partindo do ponto que nunca paro pra analisar a data das maquiagens, provavelmente sim.

9- Qual é a sua prioridade de vida?
Buscar minha melhor versão em tudo o que faço.

10- Você joga lixo na rua?
Evito ao máximo, mas infelizmente acontece.

11- Você esta lendo algum livro? Qual?
Atualmente, estou lendo pela milésima vez Dom Casmurro, Machado de Assis.

12- Com que frequência você faz as unhas?
Fazer as unhas de fato, acho que uma vez ao ano e olhe lá. Pintar/cortar, basicamente toda semana.

13- Você usa algum hidratante para o rosto?
Não, só algumas máscaras.

14- Quais os itens de maquiagem você usa no seu dia-a-dia?
Não tem nenhum item que eu use diariamente.

15- Qual câmera você usa para gravar seus videos?
Não sou muito de gravar vídeos, mas na maior parte das vezes, a do meu celular mesmo ou a da minha semi-profissional.

16- Qual é seu cheiro agora?
Nenhum além do meu próprio.

17- Você acha que os produtos caros são os melhores?
Nem sempre. Há coisas num presso mais acessível que são muito boas também.

18- Ao sair de um supermercado, você percebe que a caixa lhe deu R$50,00 a mais no troco. Você volta e devolve o dinheiro?
Claro. Nunca mais dormiria em paz caso contrário.

19- No ônibus ou na fila do banco, você dá lugar para os idosos?
Sim, na enorme maioria das vezes, exceto quando estou realmente exausta e ainda assim fico me sentindo muito culpada.

20- Você é uma pessoa sociável?
Acho que sim, penso que não.

21- Seu celular esta sempre com créditos?
Aqueles planos mensais contam como crédito? Se sim, sim.

22- Caso fosse fazer uma cirurgia plástica, o que você mudaria?
Nariz e lipo. Mentira, não teria coragem de mudar nada; com certeza me arrependeria. Prezo pela naturalidade das coisas.

23- Sua melhor amiga está sendo traída pelo marido ou pelo namorado. Você contaria se soubesse?
Eu não conseguiria guardar isso pra mim de forma alguma, certamente falaria.

24- Você comete algum dos pecados capitais? Quais?
Todos eles em momentos diferentes.

25- Você é feliz?
Considero a felicidade um estado e não algo fixo. Mas tenho, sim, muitos momentos felizes e me considero uma pessoa sortuda pelas coisas que tenho, apesar dos pesares.

26- Você é uma pessoa vingativa?
Vingativa, não. Rancorosa, um pouco.

27- Já se sentiu evitado por uma ou mais pessoas?
O tempo inteiro. Nunca sei se é real ou neurose.

28- Você acredita que as pessoas mudam?
Com certeza. O tempo inteiro, por toda a vida.

29-Você gosta de ser visitado com que frequência?
Gosto sim. Sinto-me querida. Mas devo admitir que visitas longuíssimas acabam sendo inconvenientes.

30- Tem gente que diz que o Youtube é coisa de gente de que não tem o que fazer. O que você acha disso?
De certa forma, sim, porque pra você precisa de tempo livre pra depositar ali. Mas não deixa de ser uma plataforma muito útil, interessante e que entretém bastante.